Suplemento Literário

Primeira Edição

Cumprindo mais uma etapa de seu atual programa de renovação, o Minas Gerais lança hoje o Suplemento Literário, de publicação semanal e que circulará regularmente com a edição de sábado. A função precípua de “Órgão Oficial dos Poderes do Estado” em nada contraria o propósito de apresentar este jornal caráter mais amplamente informativo como os outros. Essa foi a orientação mantida durante vários decênios da historia do Minas Gerais, tradição interrompida temporariamente e que ora se procura retomar. Melhor ainda se insere na presente fase renovadora o lançamento de um suplemento dedicado à literatura e a arte em geral, providencia que se compreende também no plano cultural do governo. Justo, portanto, que neste primeiro número se faça menção dos nomes do governador Israel Pinheiro e do seu digno auxiliar, o jornalista Raul Bernardo Nelson de Senna, ex-diretor da Imprensa Oficial que, na sua profícua gestão, teve a esclarecida iniciativa de criar o Suplemento Literário.

Na sua simplicidade, o titulo escolhido para esta nova secção do Minas Gerais contém o essencial de um programa consciente. Deliberamos reivindicar a importância da literatura freqüentemente negada ou discutida. Para começar, tomamos o termo na acepção mais ampla.

Nessa ordem de idéias, o Suplemento Literário vai inserir não só poesia, ensaio e ficção em prosa, mas também a critica literária, a de artes plásticas, a de música. Sem negligenciarmos os aspectos universais da cultura, queremos imprimir a estas colunas feição predominantemente mineira, assim no estilo de julgar e escrever, como na escolha da matéria publicável. A fidelidade à Província nos termos que a situamos, até conjura o perigo do provincianismo.

O anseio de atingir a esquiva perfeição configura a chamada mineiridade, na opinião de alguns. Porque cientes e conscientes dos lados negativo e positivo de semelhante intenção, permitimo-nos a coragem de aspirar ao melhor que nos seja possível. Para tanto, a Comissão de Redação dará o Maximo de si mesmo, para poder exigir igual esforço dos demais escritores da equipe responsável. O trabalho solidário há de superar fraquezas e deficiências.

Esperamos reviver significativa tradição deste jornal, que a historia das letras em Minas não deixou de registrar. Alguns entre os mais influentes escritores de hoje publicaram no Minas Gerais as primeiras manifestações de seu talento, em poesia e prosa. Ombrearam então com autores já consagrados pela critica e pelo publico. De maneira idêntica procedemos agora em relação a novos e a colaboradores de conceito firmado.

Valham as intenções deste programa. Assim nos seja dado cumpri-lo.




Artes visuais, cinema, teatro, vídeo e televisão
Exposições
Figura Humana
Homem Público
Entrevistas
Suplemento Literário
Rubião e o Suplemento
Primeira edição
Um pouco de história
Meu suplemento inesquecível
Fascículos especiais
Depoimentos
© 2012 . Murilo Rubião . Todos os direitos reservados