Curt Lange estudará novas partituras de música barroca achadas em Minas

Jornal do Brasil, terça-feira, 12 de setembro de 1972

Belo Horizonte (sucursal) – O diretor do Instituto de Musicologia do Uruguai, Sr. Francisco Curt Lange, chega a esta capital no sábado para estudar novas partituras de música barroca descobertas em Mariana e estabelecer as bases para a criação de um Instituto de Musicologia em Minas.

Curt Lange encontra resistência de alguns setores ligados à música no país: ele é acusado de ter-se apossado indevidamente de partituras de músicas barrocas que existiam em várias cidades mineiras. O musicólogo, que viaja de carro, traz consigo parte dessas partituras. Outras já foram enviadas ao Brasil através do Itamarati.


EXPOSIÇÃO

Por sugestão do Secretário de Governo, Sr. Abílio Machado Filho, Curt Lange vai fazer uma exposição das partituras em seu poder e explicar o seu valor como documentos de uma época em que eram compostas em Minas ótimas peças de música erudita e semi-erudita, profana e religiosa.

Segundo o presidente da Fundação de Arte de Ouro Preto, escritor Murilo Rubião, a resistência à vinda de Curt Lange se deve principalmente à “ciumada de musicólogos, que tiveram tudo para pesquisar a nossa música barroca, mas não o fizeram. Quando Curt Lange começou a revelar a importância dessas partituras, que se encontravam em arquivos ou em mãos de particulares, muitos se voltaram contra ele, talvez despeitados por não terem percebido o valor desse acervo.”

O Sr. Murilo Rubião observa que se Curt Lange não houvesse adquirido essas partituras ( muitas lhe foram doadas), talvez hoje elas já nem sequer existissem. Além disso, quando ele as levou consigo, não estava contrariando nenhuma lei, pois só agora há dispositivo proibindo a saída do país de qualquer documento do acervo histórico-cultural.

Um dos compositores mais importantes descobertos foi Lobo de Mesquita, de Diamantina. As partituras foram levadas por Curt Lange em duas oportunidades – uma na década de 40 e outra na de 50.

Segundo o escritor Murilo Rubião, Curt Lange está disposto a doar seu material ao Governo estadual, desde que seja criada uma instituição para conservá-lo.

Sobre as novas partituras encontradas no arquivo da Arquidiocese de Mariana, o Sr. Murilo Rubião acha que elas poderão revelar muitas novidades em matéria de música barroca – religiosa e profana.





1944 Mai. - Exposição do Galo
1945 Jan. - 1º Congresso Brasileiro de Escritores
1947 Out. - 2º Congresso Brasileiro de Escritores
1951 Jun. - Notícias Literárias
1951 Out. - A “Academia” da Liberdade
1955 Set. - Um escritor na arena política
1968 Jun. - Grande espetáculo por mês
1971 Mai. - Um conto em 26 anos
1972 Set. - Curt Lange
1974 Out. - O mágico desencantado
1984 Out. - AIRP homenageia Murilo
1986 Mai. - Geração Mineira
1986 Nov. - No vigor dos 70
1987 Set. - Murilo Rubião: O mágico desencantado dribla o câncer e ri
2006 Jul. - Ao mestre Rubião
2006 Out. - Fantasmas, fantoches, fantasias
2006 Set. - O Homem dos Contos
2010 Jun. - Um certo Rubião
© 2012 . Murilo Rubião . Todos os direitos reservados