Murilo Mendes

Carta 1

Rio, 2 de julho de 1945.
Rua Marquês de Abrantes, 64.

Prezado Murilo Rubião,

Cordial abraço.

Embora não tenha a satisfação de conhecê-lo pessoalmente, tomo a liberdade de lhe escrever para lhe apresentar os meus amigos Arpao Sznes e Maria Helena Vieira da Silva.
Você certamente já os conhece de nome. São dois notáveis pintores que os ventos da guerra trouxeram ao Brasil, onde se acham desde 1940. Eles vão trazer a Belo Horizonte o maravilhoso presente de uma dupla exposição, e não tenho a menor dúvida de que V. poderá ser para eles um guia inteligente e amigo.
O Fernando Sabino e o Otto Lara Rezende estiveram ontem aqui em casa. Perguntei-lhes qual a pessoa indicada para pôr os dois pintores em contacto com os grupos interessantes de B.H.; e eles dois, a “una voce: “O Murilo Rubião”. Portanto, meu caro xará, queira receber o honroso encargo, e não se esqueça de apresentá-los ao bom Teixeirão.
O Sabino disse-me que você é muito de Kafka. Eu, também. Quando você vier ao Rio (ou quando eu for a B.H.) havemos de conversar sobre. Então os agradecimentos antecipados e o abraço do seu

Murilo Mendes.


Carlos Drummond
Fernando Sabino
Henriqueta Lisboa
João Cabral
João Etienne
Mario de Andrade
Murilo Mendes
Carta 1
Carta 2
Murilo Rubião
Pedro Nava
Silviano Santiago
Várias
   
© 2012 . Murilo Rubião . Todos os direitos reservados